Posts

Grupo Viseu Portugal e Consultoria Visar em parceria no Webinar Gratuito

No mês de abril, o Grupo Viseu Portugal em parceria com a Visar-Consultores Associados realizaram um webinar gratuito, Processo Digitais: Como reduzir custos e aumentar a produtividade.

Um evento on-line com a proposta de compartilhar conhecimento sobre automação e transformação digital.

O conteúdo percorrido teve como tema central, a exploração do conceito dos processos digitais, como e onde esses processos estão sendo utilizados e apresentar as possibilidades através de cases reais de diversos segmentos.

Os principais tópicos abordados foram traduzidos por Roberto Armond (Head Portugal – Grupo Viseu) e Felipe Munhoes (Sócio Diretor – Grupo Viseu).

Roberto Armond – O Conceito do Processo Digital

“Antes de dissertar sobre a digitalização, temos que retomar e entender o conceito de processo.

O processo é um conjunto de ações relacionadas que são executadas para se obter um resultado definido.

Cada processo tem suas entradas, funções e saídas, e é executado de forma cíclica. Tendo como principais características, atividades manuais e sistêmicas, dados físicos e digitais, risco operacional, esforço de monitoramento, e é permanente e replicável.

Quanto ao processo digital, o objetivo é o mesmo, a diferença é como ele é executado.

Em um processo digital, as interações manuais são reduzidas, e todas as ações e tarefas sequenciais são executadas de forma automática e digital, assim acelerando a tomada de decisão ao longo do processo.

As atividades automáticas, o risco operacional reduzido, o rápido monitoramento digital e a escalabilidade. São os principais benefícios da transformação digital de um processo”.

Roberto Armond – O RPA

“O RPA é a tecnologia mais utilizada hoje nas empresas para a transformação digital de processos.

Em síntese, RPA é a sigla para robotic process automation e se refere a automação de processos robóticos com o objetivo de elevar a produtividade de uma empresa.

Para isso, utiliza de robôs de software para automatizar as tarefas de alto volume, repetitivas e baseadas em regras. Em uma atuação totalmente auditável e confiável.

Dessa forma, a automação permite que os processos sejam mais rápidos e práticos.

Ao mesmo tempo, isso permite que os colaboradores tenham mais tempo para desempenhar outras atividades essenciais.

O RPA é capaz de otimizar processos, alavancar resultados e melhorar o trabalho interno”.

Felipe Munhoes – Cases de Processos Digitalizados

grupo-viseu-portugal-e-consultoria-visar-em-parceria-no-webinar-gratuito

“A jornada de automação respeita o fluxo desde a origem da demanda até a produção. Portanto, é necessário entender em qual momento a sua empresa está referente a tecnologia.

As estratégias de uso das ferramentas de automação, variam de acordo com o objetivo de cada empresa. Suscitar alguns questionamentos importantes sobre qual o objetivo principal da sua empresa na implementação da tecnologia, faz toda a diferença no alinhamento das expectativas sobre o resultado.

Lembrando que a melhoria é contínua, é preciso definir responsabilidades para monitoramento e sustentação da tecnologia aplicada.

O Grupo Viseu sempre irá propor a melhor solução em um modelo compatível ao negócio do cliente”.

Se deseja ver a apresentação completa, confira o vídeo do evento:

O Grupo Viseu Portugal e a Consultoria Visar agradecem a participação de todos.

Essa é uma jornada de aprendizado para todo o mundo. E é só através de um ecossistema de parceria que iremos chegar além.

,

A segurança de dados e o RPA como auxílio

O RPA pode dar mais confiabilidade e credibilidade a sua empresa, além de diminuir muitos riscos em relação à segurança de dados.

Mas se você não sabe como começar a se tornar uma empresa mais segura e trazer mais confiança aos seus clientes, é preciso mudar essa realidade.

Agora você pode entender melhor como os processos podem ser simplificados e diminuir os riscos do seu negócio.

Segurança de dados na empresa

Quando se trata da transformação digital das empresas, os dados se tornam um assunto primordial. Principalmente, após a edição da Lei nº 13/709 (Lei Geral de Proteção de Dados- LGPD) que regula a forma que serão tratados os dados pessoais, inclusive nos meios digitais.

Toda essa importância se dá em um período que o público está mais cauteloso em relação ao armazenamento e uso dos dados, considerando que essa é uma forma importante de entender melhor o consumidor e obter lucros.

E por esse motivo, ele procura empresas que sejam confiáveis, que não possuam indícios de vazamentos de dados e que se preocupem com que pode ser divulgado ou não.

Parece ser complicado seguir todas as regras impostas por essa lei, e evitar muitos problemas que podem sofrer sanções pelo Poder Público. Apesar disso, com a ajuda do RPA, é possível tornar esse processo muito simples, de forma que isso não seja uma preocupação constante.

Como a RPA pode melhorar o tratamento de dados dos clientes da sua empresa?

O RPA oferece a opção de segurança dentro da transformação digital, e tem como objetivo garantir conceitos de privacidade, transparência e consentimento dos usuários.

Ter uma base de uma organização resguardada pelo RPA, possibilita a empresa a acompanhar novas modificações, além de proporcionar efetividade e velocidade.

Com o RPA, é possível ter inúmeros benefícios nos processos, entre eles:

  • Automatizar processos;
  • Baixo custo;
  • Maior controle
  • Capacidade de auditoria

Todo o processo de assegurar que os dados dos usuários não sejam vazados, pode ser realizado com uma menor força de trabalho, sem erros e que costumam ocorrer com muitas horas focadas em uma atividade.

Além de que os seus funcionários podem focar em processos prioritários e urgentes. E isso pode ser uma possibilidade para o desenvolvimento de competências em automação.

O RPA pode ser útil ao dar informações suficientes para agilizar os processos, e possibilitar a geração de análises que ajudem seu negócio a crescer e se tornar mais eficiente.

Com isso, o gestor possui várias razões para investir em um ambiente digital seguro, possibilitando uma nova relevância à tomada de decisões. E tornar esse processo mais transparente, privado e com o consentimento dos usuários.

Por isso, é possível estar entre as empresas mais confiáveis e seguras, ou entre aquelas que perdem clientes pela falta de confiança do público.

Entre em contato com um de nossos especialistas em desenvolvimento de soluções digitais e implemente essa nova tecnologia que vai facilitar o seu dia a dia.

Grupo Viseu Portugal realiza evento inédito sobre RPA

1ª EDIÇÃO – RPA E A FORÇA DE TRABALHO DIGITAL (GRUPO VISEU PORTUGAL).

Recentemente, aconteceu a primeira edição do evento RPA E A FORÇA DE TRABALHO DIGITAL – Grupo Viseu Portugal.

Um evento misto (presencial e on line), organizado pela unidade de Portugal do Grupo Viseu. Com a proposta principal de criar um ambiente de encontro mais intimista, para poucos convidados, com o objetivo de apresentar a unidade de Portugal do Grupo Viseu, compartilhar conhecimento sobre automação e transformação digital e ao mesmo tempo desfrutar de um brunch especial preparado com muito carinho aos convidados.

O RPA:

O tema central do evento, foi a exploração da tecnologia da automação. RPA (robotic process automation) e a inteligência artificial.

Em síntese, RPA é a sigla para robotic process automation e se refere a automação de processos robóticos com o objetivo de elevar a produtividade de uma empresa.

Para isso, utiliza de robôs de software para automatizar as tarefas rotineiras altamente repetitivas normalmente executadas pelos trabalhadores em sua organização.

Dessa forma, a automação permite que os processos sejam mais rápidos e práticos.

Ao mesmo tempo, isso permite que os colaboradores tenham mais tempo para desempenhar outras atividades essenciais.

O RPA é capaz de otimizar processos, alavancar resultados e melhorar o trabalho interno.

Todo o conteúdo percorrido durante o evento, foram traduzidos por João Simão (Sócio Diretor – Grupo Viseu), Roberto Armond (Head Portugal – Grupo Viseu) e dois convidados especiais Mafalda Oliveira (Quality & Training Manager – PTC Group) e Vinícius Brito da Silva (Técnico de Processos – MWM Motores e Geradores).

PRINCIPAIS TÓPICOS ABORDADOS SOBRE RPA:

João Simão e Roberto Armond – Metodologia e Cases Grupo Viseu

O modelo de negócio do cliente é o ponto chave para o Grupo Viseu propor a melhor solução digital.

No percurso de digitalização é imprescindível entender o momento e o grau de maturidade que o seu negócio se encontra, tanto com os processos quanto com a tecnologia, para que possamos desenvolver um modelo de governança adequado e a melhor metodologia para a sua realidade.

Antes do início da jornada de digitalização, precisamos entender o principal objetivo para a implementação do RPA& IA na sua empresa. É Reestruturar Headcount? Eficiência? Processos manuais de alto risco financeiro?

“Assim é possível entender onde começa o trabalho da nossa Consultoria para melhor atendê-lo.” João Simão, Sócio Diretor – Grupo Viseu.

“Com o RPA as empresas irão reduzir muito o trabalho manual e as atividades repetitivas. Irão realmente focar o tempo delas em atividades que agregam valor, como as análises, planejamento estratégico, inovações e etc.” Roberto Armond, Head Portugal – Grupo Viseu.

Mafalda Oliveira – Jornada RPA PTC Group

Grupo Viseu Portugal realiza evento inédito sobre RPAAs conversas com o Grupo Viseu sobre a utilização do RPA na PTC Group, iniciaram em abril de 2021, em junho iniciou o projeto e em agosto estávamos com o nosso primeiro robô. Que foi criado para reduzir o esforço da equipe de Recrutamento e Seleção na elaboração e revisão dos currículos que são enviados aos clientes de outsourcing.

Os resultados foram bem significativos, economizamos 80% das horas trabalhadas em tempo de processamento, ganhamos escala saindo de 30 Cvs dia para 320 Cvs dia, melhoramos o aproveitamento da equipe com atividades mais relevantes (sourcing, entrevistas) e automaticamente aumentamos a satisfação do cliente.

A partir do momento que passamos por uma automatização de processos, surgem imensas ideias de outras coisas mais que podemos automatizar e dedicar nosso tempo a tarefas de maior valor.

“Já estamos com outros projetos de RPA em mãos para o departamento financeiro e expansão do RPA para outras unidades.”  Mafalda Oliveira, Quality & Training Manager – PTC Group.

Vinicius Brito – Jornada RPA MWM Motores e Geradores

Grupo Viseu Portugal realiza evento inédito sobre RPAA MWM vem desenvolvendo no Roadmap para Industria 4.0, diversos projetos com foco em tecnologias, pessoas e novos modelos de negócio.

Em fevereiro de 2021, o Grupo Viseu em conjunto com a área de Lean da MWM, mapearam 32 processos passíveis de robotização, em setembro já estávamos com 20 processos implantados e 9 áreas da empresa com os Robôs em produção.

Dentro da MWM o RPA possui grande aderência, obtendo resultados expressivos na área de Logística com 85% de economia em tempo de processamento, 33% no Departamento de Compras e 98% em Manufatura.

“O Grupo Viseu é nosso parceiro de tecnologia e como próximos passos vamos explorar os benefícios da Hyperautomation (RPA&IA) na tomada de decisão.”  Michael Ketterer, Diretor da unidade de negócios de operações e qualidade – MWM Motores e Geradores.

O Grupo Viseu agradece a participação de todos e em especial o Espaço Empresa do Fundão, Lurdes Teixeira, Flávio Motta, Miriam Reis, MWM Motores e Geradores, Vinícius Brito da Silva, Luis Augusto Maia Braggio, Michael Ketterer, PTC Group, Tiago Monteiro, Mafalda Oliveira, Visar, Fernando Cardoso, Rita Oliveira e Teresa Horta.

Este tipo de evento torna a jornada de aprendizado digital muito mais prazerosa e o Grupo Viseu impulsiona esse ecossistema de parceria acreditando que juntos chegaremos muito mais longe.